PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

‘Meu sonho foi realizado’, diz Bruninho após estrear como titular com gol e aplausos da torcida

Por Redação, 16/09/2019 às 18:03
atualizado em: 16/09/2019 às 18:04

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

A estreia como titular do Atlético ficará na memória do meia Bruninho. Além de ter começado uma partida do profissional pela primeira vez, o jogador marcou seu primeiro gol e foi aplaudido pelos torcedores, que pouparam o atleta das vaias na derrota por 3 a 1 para o Internacional, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro.

Filho do ex-lateral-direito Bruno, revelado na base do Atlético e que atuou pelo clube entre 1996 e 2000, Bruninho estreou no time profissional alvinegro em janeiro de 2018, na derrota por 1 a 0 para o Villa Nova, pelo Campeonato Mineiro. Com 16 jogos na equipe principal, o meia ressaltou que teve o sonho realizado no último domingo.

“Meu sonho foi realizado de ouvir a torcida gritando o meu nome no Independência. Já sonhava com isso há muito tempo, entrar como titular, jogar e fazer o gol. E jogar no Atlético, porque eu queria que fosse no Atlético”, disse o jogador ressaltando o que foi determinante em sua atuação contra o Inter.

“Estou no profissional desde o ano passado. Venho me preparando psicologicamente, mentalmente e fisicamente desde o ano passado, a minha vida inteira, para o jogo de ontem. Coloquei na minha cabeça que não tinha como dar errado, eu não tinha o que perder. Tentei tudo o que eu sabia”, completou.

Bruninho só lamentou não poder ter coroado a atuação individual com vitória. Com o revés em casa, o Atlético chegou à quinta derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro. “Fico feliz de ter entrado como titular. Foi a primeira vez e fiz o gol. Acredito que me movimentei bem, fui pra cima e fiz minha parte diante de tudo o que aconteceu. A gente fica chateado pelo resultado, não podemos aceitar uma derrota de 3 a 1 diante do nosso torcedor”, frisou.

Depois da boa estreia como titular, Bruninho se colocou à disposição para jogar contra o Colón, na próxima quinta-feira, na Argentina, pelo duelo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana. “Eu estou à disposição do treinador, seja para jogar como titular ou se for para entrar no decorrer do jogo”, finalizou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link