Notícias

Bieber cita 'pressão insana' e fala sobre oscilações emocionais, depressão e drogas

Por Agência Estado, 03/09/2019 às 13:15
atualizado em: 05/09/2019 às 12:47

Texto:

Foto: Instagram
Instagram

Aos 25 anos de idade, Justin Bieber faz uma reflexão sobre as oscilações emocionais pelas quais passou desde a infância, quando alcançou o estrelato de maneira repentina. "Conforme o meu talento progrediu e me tornei super bem sucedido, isso aconteceu em dois anos. O meu mundo virou de cabeça para baixo. Fui de um menino de 13 anos de uma cidade pequena a ser aclamado no mundo todo por milhões de pessoas, dizendo o quanto elas me amavam e o quanto eu era maravilhoso", relatou em um longo texto no Instagram.

"Você já notou as estatísticas de crianças que se tornaram estrelas e o que a vida delas se tornou? Há uma pressão e responsabilidade insanas colocadas na mente de uma criança, emoções, o lobo frontal sequer está formado ainda. Irracionalidade, ser desafiador, rebelde, coisas que todos nós precisamos enfrentar. Mas, quando você coloca a pressão do estrelato, isso causa algo que é quase inexplicável", relembra Bieber.

Até os 18 anos de idade, a área do cérebro chamada de lobo frontal ainda está em processo de formação. Esta é a região responsável pelo planejamento e a tomada de decisões de qualquer indivíduo.

Bieber conta que cresceu em um "lar instável", com pais jovens e separados, sem dinheiro e rebeldes. Depois de virar personalidade, o cantor confessa que chegou a acreditar em todos os elogios que faziam a ele.

"Eu não sei vocês, mas humildade vem com a idade. Você ouve essas coisas suficientes como um jovem garoto e você começa a acreditar. Racionalidade vem com a idade, assim como o seu processo de tomar decisões. Todo mundo fazia tudo para mim, então, eu nunca sequer aprendi o fundamental sobre responsabilidade", disse.

Com milhões de dólares na mão e pouca habilidade no mundo real, o cantor confessa que abusou do uso de drogas a partir dos 19 anos de idade para conseguir encarar os palcos, o que desencadeou depressão: "Esses altos e baixos são muito difíceis de administrar. Muitas bandas e pessoas que fazem turnês acabam tendo uma fase de abuso de drogas. Têm dificuldades de administrar os altos e baixos que vem com ser uma personalidade do entretenimento".

Bieber atualmente está casado com Hailey Baldwin. No entanto, o cantor relembra que nem sempre teve tato com as mulheres. "Eu abusei de todos os meus relacionamentos. Me tornei ressentido, desrespeitoso com as mulheres e raivoso. Eu me tornei distante de todo mundo que me amou e estava me escondendo atrás da pessoa vazia que eu tinha me tornado. Sentia que nunca podia voltar atrás", admitiu. 

Sobre a experiência com o matrimônio, Bieber se empolga: "O que é uma nova responsabilidade louca e maravilhosa. Você aprende paciência, confiança, comprometimento, gentileza, humildade e todas as coisas que levam você a ser um bom homem".

Para sair da depressão, o cantor diz que contou com a ajuda de pessoas muito queridas. "Levou anos para eu me recuperar de todas essas decisões terríveis, consertar relacionamentos destruídos e mudar os meus hábitos em relacionamentos. Por sorte  Deus me abençoou com pessoas extraordinárias que me amam do jeito que eu sou", concluiu.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link