Unimed Ago-Set Maxi Internas CPM

Notícias

Decisão dos EUA de não construir consulado em BH frustra a população mineira

Por Redação , 25/08/2019 às 08:39
atualizado em: 25/08/2019 às 09:56

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Google street view
Google street view

A decisão dos Estados Unidos de não construir um novo consulado em Belo Horizonte frustra a população mineira. A avaliação é da especialista em relações internacionais, Nádia Castro. Segundo ela, isso demonstra uma falta de reciprocidade diplomática pelo governo americano.

Ouça aqui a entrevista completa!

O escritório da embaixada dos Estados Unidos em Belo Horizonte não detalha qual a demanda atual de vistos na capital mineira e se ela tem caído ou subido nos últimos anos.

Em 2011, o governo americano anunciou a construção do consulado em Belo Horizonte.Anos depois, em fevereiro de 2014, a embaixada dos Estados Unidos confirmou a abertura e foi assinado o contrato de locação do prédio onde funcionaria o serviço, no bairro Santa Lúcia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

À época, a previsão de inauguração era 2016, mas o plano acabou sendo adiado e a expectativa era de que o consulado em BH abrisse as portas neste ano. Agora, com a mudança de planos, os mineiros que quiserem tirar visto americano terão de recorrer aos consulados no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e Porto Alegre.

De acordo com o comunicado do escritório da embaixada dos Estados Unidos em BH, os serviços de renovação de visto e coleta de dados biométricos oferecidos pelo Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto, já existentes na capital mineira, serão mantidos e oficiais consulares virão ao estado rotineiramente e, em casos de emergência, para prestar serviços aos cidadãos americanos.

BH

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link