Notícias

Medidas para tirar país da crise serão legado do PMDB para eleições, diz Moreira Franco

Por Agência Estado, 18/12/2017 às 10:51

Texto:

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Tânia Rêgo/Agência Brasil

O presidente da Fundação Ulysses Guimarães e ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou na manhã desta segunda-feira durante evento da fundação, que o PMDB precisa defender o "legado" do presidente Michel Temer.

Sem citar as duas denúncias apresentadas contra Temer pelo ex-procurador-geral da República, Moreira afirmou que houve uma "trama moral" que tentou derrubar "o nosso governo".

O ministro também disse que as medidas propostas pelo documento "Ponte para o Futuro" foram ignoradas pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff e vistas como uma "provocação".

Para ele, o partido precisa se mobilizar para as eleições de 2018 e reconhecer que as medidas que estão sendo adotadas para tirar o Brasil da crise serão o legado do PMDB em 2018.

Moreira também afirmou que é necessário interromper uma espécie de "ciclo perverso" que coloca o país em crise a cada dez anos.

As declarações do ministro foram dadas durante um evento da Fundação Ulysses Guimarães que acontece na manhã desta segunda-feira, 18, em Brasília. Temer também participa do encontro.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link