Ursula Nogueira

Coluna da Ursula Nogueira

Veja todas as colunas

Bem-vindo, Dani Alves!

No período de 2001 a 2019, nenhum dos clubes que disputam a atual edição da Série A do Brasileirão chega perto do número de títulos do lateral

02/08/2019 às 06:55

 

Daniel Alves está de volta ao Brasil e já tem destino certo: São Paulo. O clube paulista anunciou a contratação do jogador na última quinta-feira (1º). O anúncio movimentou a internet e teve repercussão no mundo inteiro. E não é pra menos.

Daniel volta ao Brasil depois de ter sido eleito o melhor jogador da última Copa América. E pasmem: é o jogador com mais títulos na carreira da história do futebol. Com 36 anos de idade e 19 no futebol, são 42 títulos conquistados, sendo 40 deles por clubes e dois pela seleção brasileira. Ou seja: em média, ele foi campeão duas vezes por ano. Pelé ocupa o segundo lugar no ranking com 37 títulos.

Só para se ter uma ideia da grandiosidade da carreira do lateral, se levarmos em conta o período de 2001 a 2019, nenhum dos clubes que disputam a atual edição da Série A do Brasileirão chega perto do número de títulos de Daniel. Com 19 troféus, o Internacional é o time que mais conquistou títulos neste século! Corinthians, com 18, e Cruzeiro, com 16, aparecem em seguida na lista.

Outro fator que chama a atenção envolvendo a contratação são os boatos do salário. O que a imprensa paulista está veiculando é a bagatela de R$ 17 milhões por temporada. Ou seja: R$ 1,3 milhão por mês, incluindo o 13º salário. Há quem fale em R$ 24 milhões por ano. Uma coisa é certa: Daniel Alves vai liderar a lista dos jogadores mais caros do futebol brasileiro.

A repatriação de Dani Alves entrou para a história, de todas as formas. É importante que nossos jogadores voltem para o Brasil e movimentem o mercado. Mais patrocinadores querendo investir em clubes brasileiros, torcidas satisfeitas e qualidade técnica para as nossas competições.

Seja bem-vindo, Dani Alves!

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link