Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Precisamos fazer nossa parte

É isso ou chorar para o resto da vida.

13/05/2019 às 03:41

Corpo de Bombeiros de MG/ Divulgação

A BR-381, no trecho que liga Belo Horizonte ao Espírito Santo é, sem dúvida, o pedaço de estrada que mais infelicita os mineiros. Seja pela ausência de cuidados básicos, tais como sinalização, limpeza das margens e fiscalização; seja pela histórica indiferença do governo federal em relação às reivindicações mais sérias de Minas; pela incompetência e irresponsabilidade de nossos representantes, que não exigem a duplicação, mas, principalmente, pela quantidade de vítimas que a rodovia faz. E o que é pior, nós, os motoristas, não ajudamos.

Se formos escolher os pontos mais críticos, seguramente eles estarão entre os 100 quilômetros e suas 200 curvas que separam a capital de João Monlevade e, entre estes, o matadouro mais famoso fica em Ravena, no município de Sabará. Lá, no fim de semana, mais uma tragédia. Um automóvel fez conversão em local proibido, foi abalroado por outro carro e as vítimas voaram asfalto a fora. Isso mesmo. Tanto os cinco adultos que, segundo a polícia rodoviária estavam sem cinto de segurança, quanto uma bebê de apenas cinco meses, sem cadeirinha, foram expelidos do veículo quando da batida. Enquanto equipes de socorro tentavam em vão salvar a bebê, o motorista fugiu do local do acidente.

Não quero aqui julgar e crucificar o condutor (ir) responsável. Primeiro porque não estava lá, trabalho com informações de terceiros; depois, porque, com toda a certeza do mundo, ele já está sofrendo horrores, especialmente se for pai da bebê. Quero é fazer um apelo ao juízo. Afinal, se a gente faz tudo certo ainda corre risco toda hora, em todo lugar... Imagine se contribuímos. Este caso dispensa comentários, mas, exige a repetição da recomendação mais básica de quem estuda automóveis e seus perigos: nunca se deve dirigir sem cinto de segurança, ainda que seja só de casa à esquina, para comprar o pão e, quando houver uma criança, mesmo que seja só manobra na garagem do prédio, tem de estar na cadeirinha.

É isso ou chorar para o resto da vida.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️América volta a jogar mal, empata com Oeste no Horto e segue afundado no Z4 da Série B: https://t.co/RztY4ZNiDF https://t.co/DE0J0U119H

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Minas registrou 137 casos suspeitos de sarampo neste ano. Desses, 95 foram descartados, 38 ainda estão em investigação e quatro casos foram confirmados, sendo um importado.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Segundo informações do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), o inverno costuma aumentar em 30 % o risco de infarto.

    Acessar Link