Anônimo

Coluna do Anônimo

Veja todas as colunas

Espelho em campo

Não se intimidem por representantes de bastidores. Agora, nesta quinta-feira, 11 de julho de 2019, o que importa e o que melhor tem de Cruzeiro e Atlético estará em campo no Mineirão.

11/07/2019 às 08:58

Amigos, há uma semana o Mineirão recebeu um Brasil x Argentina e, o próximo jogo a sediar será um Cruzeiro e Atlético. Para nós mineiros não há duelos mais importantes no mundo do futebol que esses dois. Saímos todos vitoriosos no jogo passado, e agora nos dividimos entre as equipes estaduais. 

Pois bem. E de tudo o que temos que pegar do clássico da Copa América para o clássico da Copa do Brasil é a boa rivalidade das arquibancadas. Como foi lindo ver brasileiros e argentinos gritando alma afora seu patriotismo, como se ali, naquele gramado do Gigante, a terra tomasse forma. 

E vamos e venhamos que chegamos à competição continental desacreditados. E o mais incrível disso: desacreditados por nós mesmos. Não queríamos a Copa América aqui, não torcíamos pela seleção, não dávamos nosso crédito aos vestidos de verde-amarelo. E ainda assim, quando a bola rolou, gritamos do show de abertura ao levantar da taça de campeão.  

É fato que somos a ‘Pátria em Chuteiras’, Nelson Rodrigues já dizia isso há tempos. E só ele mesmo pode ir além: “Há uma relação nítida e taxativa entre a torcida e a seleção. Um péssimo torcedor corresponde a um péssimo jogador. De resto, convém notar o seguinte: — o escrete brasileiro implica todos nós e cada um de nós. Afinal, ele traduz uma projeção de nossos defeitos e de nossas qualidades”.

O que isso tem a ver com o nosso foco atual, que é o duelo entre Cruzeiro e Atlético, pelas quartas de final da Copa do Brasil? Tudo, oras! Em suas devidas proporções, os clubes chegam desacreditados: um com a diretoria que deixou as páginas esportivas para as policiais e outro que parece desligado - que não tem comparecido como o torcedor queria: reforçando a equipe e dando satisfações sobre as escolhas. 

E se ‘clássico é classico’, que não tem favoritismo, que não tenha também pessimismo. Que as duas equipes deem a raça e o sangue num jogo que não é institucional. Cruzeiro e Atlético têm torcidas gigantescas que vão de Belo Horizonte ao Japão. E são elas que importam. E são as torcidas que têm as características a se assemelhar. 

Não se intimidem por representantes de bastidores. Agora, nesta quinta-feira, 11 de julho de 2019, o que importa e o que melhor tem de Cruzeiro e Atlético estará em campo no Mineirão. Que lá estejamos todos nós, novamente, de chuteiras, meiões e raça.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️América volta a jogar mal, empata com Oeste no Horto e segue afundado no Z4 da Série B: https://t.co/RztY4ZNiDF https://t.co/DE0J0U119H

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Minas registrou 137 casos suspeitos de sarampo neste ano. Desses, 95 foram descartados, 38 ainda estão em investigação e quatro casos foram confirmados, sendo um importado.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Segundo informações do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), o inverno costuma aumentar em 30 % o risco de infarto.

    Acessar Link