Álvaro Damião

Coluna do Álvaro Damião

Veja todas as colunas

Vai, Cruzeiro

23/07/2019 às 02:16

Bruno Haddad/Cruzeiro

A bola vai rolar hoje pela Libertadores! River Plate e Cruzeiro se enfrentam às 19h15, no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Brasileiros e argentinos em campo é garantia de um jogo agitado. Disso eu não tenho dúvidas! 

Pelo lado celeste são 17 participações e dois títulos conquistados (1976 e 1997). Este ano, o Cruzeiro se classificou para as oitavas de final em primeiro lugar do Grupo B. Foram 15 pontos somados em cinco vitórias, uma derrota e nenhum empate. Um aproveitamento de 83,3%. Esses números são excelentes, porém as atuações recentes do time de Mano Menezes pelo Campeonato Brasileiro não condizem com a campanha da Libertadores. 

É preciso mudar para continuar na Libertadores. O que todos esperam do time celeste hoje à noite em campo é a mesma atuação que o Cruzeiro teve no primeiro jogo contra o Atlético, pela quartas de final da Copa do Brasil, no Mineirão. É aquele Cruzeiro que todos esperam. Um time pra frente, tocando bola, marcando os adversários, mas, além disso, pressionando o River. 

Sei que não se trata de um adversário simples, afinal, estamos falando do campeão da Libertadores do último ano. E por falar nisso, em relação ao time que levantou a taça em 2018, o River manteve uma base dos jogadores. Dos titulares, deixaram o elenco o zagueiro Maidana e o meia Gonzalo Martínez. Mas nada disso impede que o Cruzeiro vença a partida. E há um fator muito importante que precisamos destacar: após a parada para a Copa América, a Raposa já disputou quatro jogos. Enquanto isso, o River fez apenas um jogo oficial. É preciso aproveitar disso! 

Se do lado do Cruzeiro o desfalque é o atacante Fred, que ficou em BH em decorrência de uma crise de labirintite, do lado dos argentinos a preocupação é maior. O volante Leonardo Ponzio, sentiu uma fisgada na coxa e deve desfalcar o time.

Outra dúvida é um velho conhecido do Cruzeiro: o atacante Lucas Pratto, ex-Atlético, com uma fissura no osso sacro, não joga há 54 dias e também deve ficar fora da partida. O lateral Milton Casco e o atacante Rafael Santos Borré estão suspensos. 

Quando a bola rolar, não importa tabu, desfalque, crise financeira. O que vale é a bola no fundo da rede e isso o Cruzeiro sabe fazer muito bem! 

Vai, Cruzeiro! 

Tamo junto e até a próxima! 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link